Posts Tagged ‘cinema’

Cisne Negro, Branco, de Ouro.

fevereiro 13, 2011

Confesso que nunca tinha visto um filme de Darren Aronofsky, o que para muitos pode ser um ultraje. Mas sou uma eterna apaixonada pela arte do ballet e pela busca da perfeição em tudo o que se faz, então ballet+paixão+cinema = ir conferir Cisne Negro.
Até onde você iria por um sonho? passaria por cima de si para conseguir realizar o seu feito com perfeição? E se a perfeição for uma fina lâmina que corta o seu juízo em pedaços? Tudo pela exibição da técnica perfeita, ao público mais exigente.

Quando o filme começa não precisa muito tempo para entender que Nina (Natalie Portman) é uma doce menina-mulher, sonhadora e delicada, um art-nouveau ambulante no meio da nossa pós modernidade apressada. Há muitos estalos, todos refletem um trabalho árduo e, como tal, deixa marcas.Nina é sem duvida o melhor nome para essa personagem. Paixão é o que melhor a descreve. Dedicação é a sua marca. Talento é o seu dom (não vou falar aqui das aplicações de computação aos movimentos de Natalie Portman, não sou expert nisso, tenho apenas as minhas especulações).

Mas como tudo nessa vida está mais ligado às experiencias que você viveu do que à tecnica que você tem, ganhar o papel d’O Cisne Negro, exige que sedução esteja no sangue. Requisitos.

Há coisas que se ensinam -mesmo que leve muito tempo para aprender e aperfeiçoar -, mas há outras que precisam pulsar dentro da gente, mesmo que a técnica seja pouca. Nina entendeu o recado, e Lily (Mila Kunis), bailarina recém-chegada à companhia em que Nina já veterana, também.


O filme desenvolve uma série de questões do mundo artístico: influências, fama, carreiras que acabam e outras que começam, ídolos, inveja. Nada de novo até então. O que te faz perder a respiração é o jogo com o íntimo, feito com maestria: “A única coisa no seu caminho é você mesmo”.

Tudo acontece de modo a única barreira a ser vencida é a sua própria covardia de deixar de ser paranóico. A única perfeição que existe é a certeza que nada pode ser tão perfeito a ponto de manter a sanidade e a saúde conviendo em paralelo à realização do projeto.

Para comprovar, jogos de espelhos, banhos de banheiras, afogamentos e o duplo.
Perca suas manias, reflexos de que “algo não vai do jeito que eu queria que fosse”, e viva com mais prazer. Afinal, quantas chances mais você tem além dessa?
Você se superaria ou se mataria? Qual é o seu cisne?

Confira o Trailer

Horários e salas para Cisne Negro

imagens:

http://migre.me/3RZzr

http://migre.me/3RZKr

http://migre.me/3RZZm

Anúncios